Diário do Pará Online

Homem morre em acidente em garagem de ônibus

A falta de iluminação na garagem da empresa Forte, na rodovia Mário Covas, teria facilitado um acidente entre dois manobristas que pretendiam guardar um dos 600 ônibus da empresa. Ontem, por volta das 20h30, o manobrista Ramon Batista de Oliveira, de 35 anos, foi atropelado pelo amigo conhecido como “Cearazinho”.

De acordo com funcionários, Ramon estava atrás do veículo quando o colega foi manobrá-lo para guardar. Por estar com um fone de ouvido, a vítima não teria escutado o barulho do coletivo. Ramon acabou, portanto, sendo atropelado pela roda traseira do ônibus, que passou por cima de sua cabeça e lhe matou na hora. O amigo, ao ver a situação, saiu correndo em desespero.

Desesperadas, mãe e esposa da vítima procuraram informações de como o acidente havia acontecido, mas o gerente da garagem, Júlio César, não quis prestar esclarecimentos nem para a família, nem para a imprensa. O caso foi registrado na Seccional de Icoaraci.(Diário do Pará)