Notícias Esporte Você Comunidade

INSEGURANÇA

Moradores do Guamá vivem rotina de medo

Pará
Publicidade

Quarta-feira, 28/04/2010, 07h34

Transporte coletivo sob ameaça de greve em Belém

Tamanho da fonte:

Os rodoviários de Belém podem entrar em greve na segunda semana de maio, caso a patronal não sinalize nenhuma negociação de reajuste salarial. Ontem estava marcada uma reunião entre os empresários e os rodoviários na Delegacia Regional do Trabalho (DRT), mas a patronal não compareceu e a reunião foi cancelada.

A data-base para o reajuste salarial dos rodoviários é no próximo dia 1°, mas, segundo a categoria, até agora não houve nenhuma posição da patronal sobre a questão econômica. “Já nos reunimos cinco vezes com os empresários e negociamos 34 cláusulas. A única que ainda não foi discutida foi a econômica”, disse o secretário geral do sindicato, Cristian Vilhena.

Hoje, os rodoviários realizarão duas assembleias para decidir se começarão o movimento de greve ou não. “Tudo vai depender de uma resposta dos empresários. Se eles não nos procurarem, vamos começar a organizar nossa paralisação para a segunda semana de maio”, ressaltou Vilhena.

Os trabalhadores querem um reajuste de 12% em cima do salário base, o aumento do ticket alimentação de R$ 260 para R$ 350, além de auxílio hospitalar. O supervisor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Roberto Sena, explicou que o valor que os rodoviários estão pedindo está abaixo do reajuste do salário mínimo.

Sena disse que os empresários devem estar esperando sair o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do IBGE, para poder reajustar os salários dos trabalhadores. “O que os rodoviários estão pedindo está de acordo com a nossa estimativa do INPC. Por isso, é provável que eles acatem a proposta dos trabalhadores”.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belém (Setrans-Bel) foi procurado pela reportagem, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto. (Diário do Pará)

Comentários Recentes

  • edimar da silva maia disse: Comentário postado em 04/05 Terça-feira às 08:39h "acredito eu, que faz-se necessário uma revisão ou um aparelhamento sobre esta questão com mais seriedade , na verdade todos nós sabemos que se tratando de meio de transporte urbano não encontro no momento uma sugestão emergencial, a unica certeza, é que nossas tarifas estão bastante elevadas,, temos m transito totalmente desorganizado, ruas e avenidas precisando de manutenção,,o veiculos necessitando de reparos,,
    falta de treinamento para os funcionários,,, na realidade motoristas e cobradores tc e os empresarios ligados ao descutido,,, e as autoridades,, NÃO ESTAO DANDO A MINIMA A POPULAÇÃO QUE VAI E VOLTA PARA O SEU TRABALHO EXPREMIDA EM UM onibus

    TUDO É PASSAGEIRO MAS ESTÃO NÃO PASSA."
  • Rafael disse: Comentário postado em 30/04 Sexta-feira às 06:42h "Eu acho que devo ter uma logica acima da maioria das pessoas. Ora, se os empresarios possuem uma tarifa ACEITAVEL que permita renovaçao e melhor preparo dos onibus e funcionarios das empresas, melhor serão as condiçoes que os rodoviarios poderão exigir e os empresarios atender. "
  • Gabriela disse: Comentário postado em 29/04 Quinta-feira às 19:46h "Realmente é muito fácil defender a classe de qual concerteza se faz parte, pq defender a patronal assim só pode ser da parte deles.
    Enfim como muitos comentaram realmente é difícil essa melhoria no transporte público por causa do baixo valor das passagens de ônibus.
    Em outros estados é possível de se encontrar transportes decentes mas em compenssasão os valores de passagem é o dobro ou até mais do que o valor da passagem de ônibus urbano do nosso estado.
    Enfim o que se discute em questão é a greve dos rodoviários, se não ganham o que merece tem que fazer greve sim, mas claro respeitando os 40% que devem rodar da frota!"
  • Rafael disse: Comentário postado em 29/04 Quinta-feira às 05:02h "Eu tive q rir agora....Trabalha em uma empresa de onibus e sabe q a patronal so quer lucrar? kkkkk Me diga uma coisa nobre rodoviario, vc sabe qndo custa um pneu de um onibus? Sabe a qnto anda o litro do oleo diesel ? Qnto de imposto é pago em cima do seu salario ? Ou ainda, qnto custa um onibus novo ? Duvido, falar sem conhecimento e mto facil...Deixar a ignorancia de lado e saber ouvir e ver a realidade é sinal de sabedoria. Ah, mais um detalhe, na empresa q vc trabalha, vc ja parou pra pensar na quantidade de carros e viagens q vc "perde" ou faz perder ? Falar sem ter noçao da responsabilidade de cada um e mto facil. Vamos deixar de falar sem saber"
  • cesar disse: Comentário postado em 28/04 Quarta-feira às 22:12h "O prefeito perdoa anos de impostos, e ninguem se lebra de comentar e falar a respeito, os empresarios dizem que estão quebrados, e não liberam o transporte alternativo...

    Tudo conversa pra boi dormir, o povo que depende do transporte que fique no descaso, mas quem manda não saber votar, não trabalhou 4 anos tira e não se empolga na campanha e no dinheiro que é do cofre publico. Tai nós estamos pagando mais uma conta.

    LEMBRE-SE DUCIOMAR É O PREFEITO E A ANA JULIA É A GOVERNADORA NÃO SE ESQUEÇÃO EM OUTUBRO VC PODERÁ DAR UMA RESPOSTA SILÊNCIOSA COMO UM ONIBUS NOVO.

    PARABENS PREFEITO POR MAIS UM PRESENTE PRA BELÉM... "
Mostrar mais comentários [+]
Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter