Notícias Esporte Você Comunidade

DIEESE

Preço do caranguejo teve reajuste de 10,37%

Polícia
Publicidade

Quarta-feira, 03/02/2010, 07h00

Presídio de Redenção vira barril de pólvora

Tamanho da fonte:

Inaugurado em 2003, o Centro de Recuperação Regional de Redenção (CRR), que atende Redenção e mais sete municípios do sul do Pará, vem sofrendo com o problema da superlotação. O local tem capacidade para manter 120 presos, mas atualmente abriga 241 detentos em suas celas, a grande maioria composta por homens.

Cerca de 70% dos presos que estão recolhidos no presídio de Redenção, estão à espera de julgamento, o que comprova a morosidade da Justiça. Por isso, os detentos ainda deveriam estar nas delegacias das comarcas atendidas pelo centro de recuperação.

Há informações de que na unidade prisional existe o caso de um detento que foi preso no município de São Félix do Xingu, acusado de ter roubado uma camisa, e que está preso há cerca de um ano, aguardando uma decisão judicial.

Para piorar a situação, o diretor da casa penal, tenente da Polícia Militar, Cléber Gomes, disse que mesmo com a superlotação, ainda é preciso lidar com a insistência de juizes e promotores da região que querem transferir mais presos para o presídio de Redenção. A Comarca de Xinguara, por exemplo, já teria comunicado que pretende mandar 45 presos para o centro de recuperação, e Conceição do Araguaia, mais 43 detentos.

Caso isso se confirme, a unidade ficaria com 329 apenados, elevando ainda mais o risco de fuga no local. Por outro lado, o diretor da unidade garante que apesar da superlotação no presídio, a situação está sob controle.

O problema enfrentado pelo presídio de Redenção, foi debatido recentemente durante reunião realizada pelo Conselho Interativo de Segurança e Justiça (Cisjus), que teve a presença de representantes da Polícia Militar e de outros órgãos ligados à segurança pública local. Foi elaborado um documento, o qual será encaminhado ao Governo do Estado, pedindo a construção de mais celas nas delegacias e no presídio de Redenção. Foi pedida, ainda, a agilidade dos julgamentos dos presos.

Superintendência – A superlotação não é um problema apenas do presídio de Redenção. A Superintendência de Polícia Civil do Araguaia, que tem capacidade para 30 presos provisórios, está com 52 presos espalhados por suas sete celas minúsculas. O problema já resultou em várias fugas em massa do local. (Diário do Pará)

Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter