Notícias Esporte Você Comunidade

ELEIÇÕES 2014

Horário gratuito começa dia 19

Polícia
Publicidade

Segunda-feira, 22/06/2009, 12h32

Casos Policiais: série do Diário comove leitores

Tamanho da fonte:

Casos Policiais: série do Diário comove leitores
O Caso Novelino foi um dos encartes mais esperado pelos leitores

Os fascículos semanais da série “Casos de Polícia”, veiculados no jornal Diário do Pará, relembram fatos e crimes marcantes acontecidos no cenário paraense.  Situações que não podiam ser simplesmente “arquivadas” ou “esquecidas” pela sociedade, mesmo depois de terem acontecido há tempos. 

A série retrata detalhes de crimes passionais, casos de vingança, a barbárie da tortura, assassinatos torpes e mentes doentias em reportagens investigativas. Mostram-se os desdobramentos, a repercussão da notícia e os resultados obtidos na Justiça contra os criminosos.

Para o coordenador da GPM (Grupo de Polícia Metropolitana), delegado Éder Mauro Barra, a divulgação dos casos é analisada de maneira positiva, pois explora os fatos com maior profundidade e auxilia o trabalho da polícia. “Com a divulgação dos casos várias informações sobre criminosos e quadrilhas são denunciadas pela população o que favorece o trabalho da polícia,” afirmou.

Histórias como o das irmãs Bianca e Adriele, encontradas mortas às proximidades da avenida Augusto DivulgaçãoMontenegro, em Icoaraci; a do motorista de táxi Luiz Isaac sequestrado, torturado e assassinado por policiais militares a mando do PM Emanuel, o qual se vingava por um suposto envolvimento amoroso da ex- mulher; o assassinato da menina Bruna, que foi morta e encontrada numa lixeira de supermercado após marcar um encontro virtual; e a morte dos irmãos Novelino, empresários que foram mortos e jogados em tambores na baía de Guajará por causa de uma dívida, foram algumas das narrativas comoventes e chocantes escritas pelos repórteres Ismael Machado e Fábio Nóvoa, já publicadas pelo jornal Diário do Pará. 

“O trabalho realizado por toda a produção, reportagem e edição tem resultado em textos mais humanos, que fogem do convencional vivenciado pelo repórter de polícia. Procuramos escutar as famílias das vítimas, mostrar como os acusados vivem na atualidade, enfim, trazemos detalhes que passaram despercebido na cobertura jornalística realizada na época do crime”, relatou o repórter Fábio Nóvoa. Perguntado sobre qual caso teria sido o mais chocante, o repórter afirmou que o caso das irmãs mortas na Pratinha foi o de maior impacto já que as vitimas eram crianças. 

Os encartes, veiculados em menos de um mês superam as expectativas dos leitores que acompanham ansiosos as novas histórias. A secretária Suzane de Oliveira afirma que coleciona todas as páginas. “Gosto de ler e conhecer os fatos para poder formar uma opinião. Muitas vezes só ouvimos por alto os acontecimentos factuais e com as reportagens explicativas fica claro o que realmente aconteceu”, afirmou.

O mestre de obras Raimundo Silva, também diz não perder nenhum fascículo, “Compro bem cedinho e aproveito o trabalho pra comentar com os amigos”. O dentista Rodrigo Nunes, disse que o interesse em ler casos policiais é uma peculiaridade da infância, “Sempre gostei de acompanhar histórias de mistério, crimes, e serial killers. Essa iniciativa do Diário me motivou a colecionar os encartes, até porque são crimes que aconteceram no Estado”, relatou.

No site do Diário do Pará, os leitores mostram também um grande interesse nos encartes do “Casos de Polícia” . Através da enquete o internauta opta qual será o próximo caso que será reportado. Desde que foi postada no site, em 02 de junho, a enquete vem contabilizando mais de seis mil votos. Entre as opções para matérias estão, ainda, os casos sobre o Monstro do Ceasa, os mistérios que envolveram a morte da professora Núbia e os meninos emasculados de Altamira. Por receber um percentual de 47% dos votos (2844), o próximo fascículo vai trazer a morte de oito meninas na estrada após uma colisão entre dois veículos. 

O material informativo inédito vai auxiliar ainda alunos em consultas escolares e universitários em pesquisas acadêmicas. Os internautas podem acompanhar as edições anteriores e visualizar os encartes na íntegra na edição eletrônica do jornal Diário do Pará, pela internet.

SERVIÇO

O jornal Diário do Pará publica três encartes semanais com as reportagens da Série “Casos de Polícia”. O próximo encarte será publicado nos dias 23, 24 e 25 de junho e vai relatar o caso “Tragédia na estrada”.

Este é o último fascículo do semestre. A partir de agosto, a série Casos Policiais retorna com mais cinco histórias que marcaram o noticiário policial no Pará. (Diana Verbicaro/Diário Online) 

>> Assista uma notícia do SBT local sobre o acidente

Comentários Recentes

  • Oscarina disse: Comentário postado em 23/05 Quarta-feira às 10:26h "Queria que voltasse a apresentar o caso de ananindeua da moça que mandou matar o pai e segurou a mãe para outra pessoa matar tudo no mesmo dia,pois eu acho um absurdo esse mostra estar trabalhando fora da cadeia,pois ela foi julgada mais de 50 anos e está no semi aberto,por favor gostaria que meu nome não fosse pronunciado pois esta pessoa trabalha na mesma empresa que eu e não queria problemas."
  • Paulo Henrique disse: Comentário postado em 25/06 Quinta-feira às 14:55h "Essa idéia do Diário foi muito boa, acompanho todas as publicações e vou continuar acompanhando...."
  • Silvia Regina disse: Comentário postado em 23/06 Terça-feira às 00:20h "Eu acompanho direto a série!"
  • Reis disse: Comentário postado em 22/06 Segunda-feira às 15:03h "realmente foi uma ideia muito boa da rba retratar estes casos. estão de parabens, só está faltando completar algumas edições anteriores que estão no caderno eletronico(banca digital)."
Mostrar mais comentários [+]
Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter