Notícias Esporte Você Comunidade

INSEGURANÇA

Moradores do Guamá vivem rotina de medo

Pará
Publicidade

Quinta-feira, 11/04/2013, 08h34

Falta de água causa muita indignação

Tamanho da fonte:

Os bairros de São Brás, Canudos, Fátima, parte da Pedreira e parte do Marco ficaram sem água ontem, das 14h até a meia-noite. De acordo com a Cosanpa (Companhia de Saneamento do Pará), a paralisação do abastecimento foi necessária para manutenção de caráter emergencial.

A dona de casa Arlete Rodrigues disse que só teve tempo de lavar a louça do almoço: “Não tem nem um mês que eles colocaram esse registro aqui na frente para medir o consumo. Quero ver como virá a conta no fim do mês. Semana passada faltou quase todos os dias”.

Infelizmente, alguns moradores desses bairros já estão se acostumando com a situação e se preparam sempre para qualquer eventualidade. A aposentada Ana Albuquerque, por exemplo, já mantém baldes com água para esse tipo de problema e outras suspensões de abastecimento. “Eles dizem que avisam, mas nunca recebi esse aviso. Aí a gente sempre mantém um pouco aqui para o caso de acontecer, porque agora é comum”, conta.

Já o senhor Renato Hervey, morador do bairro de São Brás, reclama que a chuva parece ser o problema. “Toda vez que chove é isso. Parece que a Cosanpa fecha a torneira do nosso bairro”.

De acordo com a Cosanpa, a manutenção a ser feita era nas bombas 01 e 03 do Complexo Utinga - São Brás. A companhia pediu a compreensão da população e afirmou que o serviço era essencial para o bom funcionamento do sistema.

Para o vidraceiro Joaquim Medeiros, o problema já não traz tanto transtorno porque ele arranjou uma solução: “Aqui eu tenho poço artesiano, aí fica mais fácil. Mas é complicado sair de casa e quando voltar não ter água. Se tivesse uma roupa para lavar, por exemplo, já teríamos um problema. Mas é absurdo aumentar a conta e ficarmos sem um serviço de qualidade”, ressaltou.

Mas na casa de dona Rosa Farias a falta de água foi muito problema. Sem ser avisada, ela não estava preparada. Não teve água para lavar a louça, a roupa que estava de molho e os três filhos, de 10, 11 e 14 anos, ficaram sem poder tomar banho. Fora o sanitário, que não pôde ser lavado. A maior raiva da Cosanpa quem sentiu foi o marido, seu Francisco Gomes. “Trabalhei o dia inteiro na oficina e agora cheguei todo sujo e não tem água. Toda semana falta água, é uma vergonha e falta de respeito com a população”, desabafou o mecânico, em Canudos.

(Diário do Pará)

Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter