Notícias Esporte Você Comunidade

ACESSIBILIDADE

Passaporte brasileiro terá mudanças em 2015

Bola
Publicidade

Domingo, 13/02/2011, 03h17

Brasil atropela o Uruguai por 6 a 0 e leva título

Tamanho da fonte:

Com uma superioridade que não deixou sombra de dúvida, o Brasil massacrou o Uruguai por 6 a 0 no começo da madrugada deste domingo, dia 13, e garantiu a vaga para os Jogos Olímpicos de Londres-2012 ao se sagrar campeão do Sul-Americano sub-20, no Peru. Além disso, time do técnico Ney Franco garantiu um lugar no Mundial da categoria, na Colômbia, que será realizado entre julho e agosto. Fora o Brasil, disputarão o torneio Uruguai, Argentina e Equador.

Com uma atuação de gala, o Brasil fechou sua participação no hexagonal com gols de Lucas (3), Neymar (2) e Danilo. A estrela santista marcou nove gols na competição, garantiu a artilharia e entrou para a história como o brasileiro com mais gols marcados em uma única edição do torneio sul-americano, superando a marca do atacante Adaílton, em 1997.

O título da competição reforça a supremacia brasileira em sul-americanos. Foram 11 títulos até agora após 1974, 1983, 1985, 1988, 1991, 1992, 1995, 2001, 2007 e 2009. O Uruguai tem sete, a Argentina possui quatro, seguida por Colômbia, com dois, e o Paraguai com um.

Além do Brasil, o Uruguai também irá aos Jogos Olímpicos. A Celeste enfrentou o time verde-amarelo já classificada para Londres e encerrou o hexagonal final com 10 pontos, dois a menos do que o Brasil. Os argentinos, bicampeões olímpicos, torciam por um tropeço brasileiro para ir a Londres e agora terão que se contentar com a disputa do Mundial.

O jogo

A única macha no espetáculo dado pelo Brasil ficou por conta das condições do gramado do estádio Monumental Unsa, em Arequipa. O palco recebeu os dois jogos anteriores à partida do Brasil (Argentina 2x0 Colômbia e Equador 1x0 Chile), em um sábado de muita chuva. O resultado foi um gramado enlameado e escorregadio. Contudo, o cenário não foi capaz de estragar o show brasileiro.

Após um começo de jogo tenso e sem muitas chances de ambos os lados, o Brasil chegou ao primeiro gol aos 40 minutos. Depois de uma tabela com Neymar, Alex Sandro tocou na medida para o são-paulino Lucas que, dentro da área, acertou um belo chute na entrada da área, sem chance para o goleiro Ichazo.

Passado pouco mais de um minuto, Lucas repetiu a dose. O meia avançou pela direita e bateu cruzado na área, direto no ângulo: 2 a 0. O placar fez a equipe uruguaia perder a cabeça.  Adrián Luna aplicou um carrinho em Oscar e levou o vermelho no final da etapa, aos 43 minutos.

No segundo tempo, contudo, a superioridade numérica do Brasil durou pouco. Logo no começo da etapa, a zaga do Brasil bobeou, Saimon cometeu penalidade em Cepelini e também foi expulso. Na cobrança, aos três minutos, Vecino bateu por cima do travessão de Gabriel. Desespero do lado rival.

Para piorar a situação, o Brasil respondeu com gol. Aos cinco minutos, Danilo arrancou pela direita e, com muita calma, bateu cruzado e rasteiro. A bola foi lenta e certeira para ampliar: 3 a 0.

Sem conseguir se achar no gramado, o Uruguai não demorou muito para levar o quarto. Aos 11 minutos, Lucas deu bela assistência a Neymar, que recebeu totalmente livre. O craque tocou de chapa para dentro da rede de Ichazo. Os rivais responderam com um belo chute de Vecino, aos 13, que iria no ângulo não fosse a boa defesa de Gabriel ao espalmar para a linha de fundo.

Mas a festa ainda não estava completa e o Uruguai estava fazendo muito pouco para deter o Brasil. Sem piedade, a seleção marcou o quinto. Aos 16minutos, William chutou, Ichazo não segurou e Neymar pegou o rebote: 5 a 0.  O golpe final veio aos 35, para sacramentar a excelente atuação de Lucas. O são-paulino passou por dois e acertou o ângulo do goleiro, sacramentando a goleada brasileira e dando fim ao pesadelo dos jogadores da Celeste.

FICHA TÉCNICA

URUGUAI (0)

Ichazo, Platero, Olivera, Cabrera e Polenta; Vecino, Cayetano (Pereyra) e Prieto (Ramon Díaz); Luna, Mayada e Rodriguez (Cepelini). Técnico: Juan Verzeri

BRASIL (6)

Gabriel, Danilo, Saimon, Juan e Alex Sandro; Fernando, Casemiro (Galhardo), Lucas (Gabriel Silva) e Oscar; Neymar (Diego Maurício) e Willian. Técnico: Ney Franco

Gols: Lucas, aos 40 e aos 41 do primeiro tempo; Danilo, aos 5 do segundo tempo; Neymar, aos 12 e aos 16 do segundo tempo; Lucas, aos 36 do segundo tempo

Amarelos: Platero, Cayetano, Polenta (Uruguai); Casemiro, Saymon (Brasil)

Vermelhos: Luna (Uruguai); Saimon (Brasil)

Árbitro: Antônio Arias (PAR)

Auxiliares: Francisco Mondria (CHI) e Rodney Aquino (PAR)

Local: Estádio Universidad Nacional San Agustin, em Arequipa (Peru) (eBand)

Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter